Seu e-mail foi cadastrado com sucesso

Receba nossas novidades por e-mail

Ao enviar seu e-mail você está aceitando receber as novidades da MDM e seus parceiros.

Fechar

Publicado em 03/06/2019

Estudantes não cedem e vão as ruas novamente contra cortes na educação

Após o ato histórico de 15 de Maio, e o não recuo do governo Bolsonaro em relação aos cortes na educação, os Estudantes voltaram as ruas nesse dia 30 de Maio. MDM, FACESP e tantos outros movimentos e sindicatos deram total apoio a luta dos jovens pela Educação.

A UNE, a UBES e várias outras organizações estudantis organizaram o ato que se concentrou as 16h no Largo da Batata, partindo por volta de 19h pela Rebouças e chegando às 21:30h na Avenida Paulista. Com cartazes criativos e uma faixa gigantesca com os dizeres “O Brasil se UNE pela Educação”, os Estudantes deram mais um prova de grande bravura, frente aos ataques e ameaças do Ministro da Educação, Abraham Weintraub, que tem perseguido professores e alunos que ousam discordar do seu governo.

As manifestações aconteceram nas capitais, e em pelo menos 200 cidades de todo o Brasil, mostrando o apoio que o movimento tem na sociedade. Contrário à isso, o governo ignora o papel da Universidade Pública, responsável por 90% das pesquisas e o desenvolvimento do país através da ciência e tecnologia.

Outras bandeiras como a Defesa da Previdência Pública e a Democracia também apareceram com força no ato, anunciando a grande Greve Geral que está sendo construída para o Dia 14 de Junho, onde certamente Estudantes, Professores e Movimentos Sociais terão uma valorosa participação.

 

 

Foto: Francisco Proner

Matéria por Tonhão

Diretor Comunicação FACESP, CONAM e MDM 

 

Compartinhe esta notícia:

Voltar ao Topo