Seu e-mail foi cadastrado com sucesso

Receba nossas novidades por e-mail

Ao enviar seu e-mail você está aceitando receber as novidades da AME e seus parceiros.

Fechar

MDM também defende a APOSENTADORIA!

MDM foi mais uma vez a luta! Depois de aprovar a Lei da Terceirização e o fim das Leis Trabalhistas (reforma da CLT), agora o “des”governo TEMER mira naquela, que é a última salvaguarda do trabalhador quando este chega a velhice – sua aposentadoria – depois de anos de trabalho e contribuição a Previdência Pública.

TEMER e sua turma que se aposentaram, em média com 52 anos, e tem salários milionários, propõe ao povo idade mínima de 65 anos, com no mínimo 25 anos de contribuição, para receber 70% do salário. Para receber 100% do salário teria que trabalhar 40 anos, com contribuição a Previdência, exigindo dos trabalhadores brasileiros uma idade mínima comparável a países que oferecem melhores condições de vida.

Nessa reforma as mulheres sofrem três vezes: primeiro porque já ganham menos que os homens, segundo porque possuem a dupla jornada e terceiro porque subirão de 55 para 62 anos o seu tempo de contribuição e trabalho, ou seja, 7 anos a mais.
Outra maldade é contra os idosos pobres, portadores de doenças graves e deficientes que recebiam o BPC/LOAS, um benefício garantido a essas pessoas (desde 1988) que chegavam aos 65 anos, e mesmo que não tivessem contribuído o tempo mínimo, por motivo de saúde ou deficiência, tinham esse direito. TEMER aumentou para 70 anos!
Em resumo o que o governo ilegítimo e sua corriola querem é acabar com a aposentadoria e a previdência publica e permitir lucros bilionários a bancos como Itaú e Bradesco com a previdência privada. Para alcançar seus objetivos e tentar enganar a população este governo está gastando 100 milhões de reais do dinheiro público numa propaganda a favor da “reforma”.
Toda a farsa e o terrorismo de que a Previdência vai quebrar é pura mentira! Ficou provado no relatório final da CPI, feito pelo deputado Hélio José, e que investigou as contas da Previdência, chegando a conclusão de que ela não está no vermelho como diz o governo. A verdade é que grandes empresa, indústrias, bancos e emissoras de TV, tem dívidas milionárias e bilionárias com o governo, fraudam e sonegam o pagamento do INSS. Isso ninguém fala!
Confira abaixo mais fotos deste dia de luta contra a reforma da previdência:

Compartinhe esta notícia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo