Seu e-mail foi cadastrado com sucesso

Receba nossas novidades por e-mail

Ao enviar seu e-mail você está aceitando receber as novidades da MDM e seus parceiros.

Fechar

Publicado em 17/06/2020

MDM recebe apoios, ajuda centenas de famílias, encaminha seus projetos e cuida do meio ambiente

Em meio a pandemia que tem vitimado tantos brasileiros por falta de responsabilidade do principal chefe da nação, inúmeras entidades comunitárias e movimentos de moradia estão fazendo a diferença proporcionando ações de solidariedade, levando informação, doação de cestas básicas, material de higiene e limpeza e doação de roupas e cobertores através de nossa Campanha de Inverno, que felizmente tem tido adesão de muitas pessoas de dentro e fora do movimento.
O MDM, mesmo na quarentena, manteve a assessoria técnica trabalhando nos projetos e o contato “online” com os órgãos da prefeitura responsáveis pela aprovação dos projetos. Também mantivemos nosso funcionamento normal nas duas sedes do movimento, Sul e Centro. O atendimento está sendo feito para atualização de dados, recebimento de documentos faltantes, assinatura de presença mensal, inscrição de novos associados e acerto de contribuições, de forma individual, para evitar aglomerações. Nesse aspecto, o MDM criou links online para os associados fazerem a contribuição sem precisar sair de casa.
Além disso, estamos contando com voluntários da comunidade do entorno da sede do Guarapiranga para distribuição de cestas, e de associados do MDM que estão fazendo doações de roupas, alimentos e máscaras de proteção para entrega em várias comunidades carentes. Nossas ações solidárias em parceria com a FACESP e o MUHAB, estão espalhadas pela cidade inteira, e ajudando muitas famílias que sequer conseguiram receber o “Auxílio Emergencial”, por uma burocracia inexplicável do governo federal.
Diante de tanta coisa ruim que estamos presenciando e assistindo, como a perda de tantos irmãos brasileiros, vale ressaltar nosso trabalho ambiental feito em nossas sedes, que envolve o cultivo de plantas e alimentos saudáveis, livres de agrotóxicos e a compostagem de materiais orgânicos, que depois se transformam em adubo para as hortas. Importante informar que finalmente, a SABESP realizou toda a rede de esgoto das casas que estão ao redor do terreno do Guarapiranga, e que antes despejavam seu esgoto em nossa área. Agora o córrego que existe e tava completamente poluído, será recuperado e abastecido de água limpa pelas nascentes.
por Tonhão – coordenador de comunicação 

Compartinhe esta notícia:

Voltar ao Topo