Seu e-mail foi cadastrado com sucesso

Receba nossas novidades por e-mail

Ao enviar seu e-mail você está aceitando receber as novidades da MDM e seus parceiros.

Fechar

Publicado em 30/08/2019

MUHAB debate a luta da Moradia e lança CHAPA 11 para o CMPU

Na data de ontem (28), o MUHAB realizou ás 16 horas, sua reunião de Coordenação, seguida de sua Plenária Geral de lançamento da CHAPA 11 – Democracia e Luta, para a Eleição do CMPU – Conselho Municipal de Política Urbana, ás 18 horas. A Coordenação analisou a conjuntura e as lutas para os movimentos de moradia, atualmente. Também produziu uma agenda com as principais atividades para facilitar o acompanhamento da Coordenação e das Entidades filiadas.

A Plenária teve início com a fala do Coordenador Geral, Tonhão – Conselheiro Estadual de Habitação – que abordou uma resolução do CEH, a ser votada em 10/09, que criminaliza movimentos e entidades que organizam ou apoiam ocupações, proibindo-os de fazerem parcerias ou projetos junto a SEH ou a CDHU. O MUHAB procurará impedir que tal resolução, absurda como esta, seja aprovada, fazendo todos os movimentos necessários.

No segundo ponto, o coordenador geral abordou a eleição do CMPU – Conselho Municipal de Política Urbana, apresentou as candidaturas: Marisete Souza – Fórum dos Mutirões de São Paulo, Ricardo (Magoo) – CIPROM/SP e Alciete Arújo (Tata) – Associação Manacá da Serra e ressaltou a importância do envolvimento de todas entidades filiadas ao MUHAB para eleição e ocupação de espaço num conselho que trata a habitação e as politicas urbanas da cidade. Encerrou falando da participação do MUHAB, junto com a FACESP e outros movimentos de SP, no Dia Mundial dos Sem Teto que ocorrerá em todos os Estados em 07 de outubro, com concentração ás 9h, no Largo do Paissandu.

O Coordenador e Conselheiro do CMH, André Araújo falou sobre a Conferência Municipal de Habitação que está em debate dentro do Conselho e logo iniciará as plenárias regionais que acontecerão em 8 locais da Cidade, ainda este ano. Também reforçou a necessidade dos conselheiros do MUHAB acompanharem os temas nos GTs do Conselho, pois serão estes que irão para a Conferencia Municipal em março de 2020.

Sobre o Plano Municipal de Habitação – PMH, o coordenador Maksuel – que junto com outros companheiros(as) estiveram na Audiência Pública (22/08), na Câmara Municipal – citou as insuficiências do PMH: a falta de prazos, metas, orçamento e número de unidades a serem produzidas, no que foi complementado sobre esse debate entre os temas da Conferência Municipal de Habitação.

Nilda Neves, coordenadora, trouxe o informe de nova agenda com o Secretário Municipal de Habitação – João Farias, para cobrar uma devolutiva das demandas apresentadas na última reunião e apresentação de nova pauta. Para encerrar uma plenária muito produtiva, foram apresentadas as 3 candidaturas do MUHAB para Eleição do CMPU. Democracia e Luta, em São Paulo e no Brasil!

✔ Nas eleições para o CMPU:
VOTE CHAPA 11 – Democracia e luta!

Compartinhe esta notícia:

Voltar ao Topo