Seu e-mail foi cadastrado com sucesso

Receba nossas novidades por e-mail

Ao enviar seu e-mail você está aceitando receber as novidades da MDM e seus parceiros.

Fechar

Publicado em 11/06/2019

Projeto MDM Taipas – A Primeira Vitória!

Em reunião na COHAB dia 07/06 com o Sr. Sinésio Silva – Superintendente de Planejamento e Projeto, técnicas da COHAB, Assessoria Técnica e Coordenadores do MDM, Nilda Neves – Coordenadora Geral e Valmir – Coordenador do núcleo Taipas, juntamente com uma comissão de associados, fomos informados que com o fechamento de várias bases do SAMU – pela Prefeitura de São Paulo – a nossa área localizada á Av. Elisio Teixeira Leite,  que esteve ocupada de forma irregular por uma dessas bases, impedindo o movimento de tomar posse do terreno – finalmente foi desocupado.
No sábado(8), a coordenação do MDM levou até os associados do núcleo da zona norte/Taipas, a boa notícia de que sua área já está desimpedida, e que  a partir de agora é necessário tomar medidas para sua proteção e contratar a Assessoria Técnica para elaboração do projeto, que pelos cálculos iniciais poderia poderia receber cerca de 70 unidades habitacionais.
Desde 2015 quando a entidade venceu a licitação do Chamamento da COHAB iniciaram as  negociações, sem sucesso, pois juridicamente a área não poderia ser trocada e o movimento corria o risco de perder o espaço.
Agora a COHAB já levantou todas as informações do terreno, que foram repassadas a Assessoria Técnica pelo MDM, iniciando a elaboração do projeto.
Uma questão importante lembrada pelos coordenadores Valmir e Tonhão, foi o compromisso que os associados devem ter com o movimento, principalmente agora, aonde passarão a contribuir para o pagamento de projeto, a partir de julho, e deverão acertar todas as contribuições em atraso até aqui, para estarem em condições para a seleção.
Além das contribuições em dia os associados sabem que a participação é um dos critérios que aprova as famílias, portanto estar na luta ajuda a acelerar a escolha de companheiros(as). Cada um(a), também é responsável por sua conquista.
Caso o tempo permita, já na reunião de julho, poderá ser apresentado um projeto básico para o terreno, pela assessoria técnica contratada.
Outra questão importante em tudo isso, é que os associados(as) entendam que essa é a primeira vitória de muitas que virão, e que um movimento que tenha uma coordenação firme e bem preparada, acompanhada de gente que luta e acredita, só poderá ter no horizonte, a VITÓRIA!

Compartinhe esta notícia:

Voltar ao Topo