Seu e-mail foi cadastrado com sucesso

Receba nossas novidades por e-mail

Ao enviar seu e-mail você está aceitando receber as novidades da MDM e seus parceiros.

Fechar

Publicado em 03/05/2021

FACESP presente na Frente que defende o debate democrático sobre a cidade e a Vida

Hoje (3), foi realizada a Coletiva Virtual de Imprensa, para o lançamento da Frente São Paulo pela Vida, onde foi apresentada a Carta “A Cidade que Precisamos em Tempos de Pandemia”. A Carta é apoiada por uma ampla diversidade de entidades, movimentos, institutos e sindicatos, os quais juntos cobram da prefeitura de São Paulo, que a Revisão do Plano Diretor – que mexe com toda a política urbana e de moradia – seja adiada para um período pós-pandemia com ampla presença da população.

Esta Frente Democrática pela Cidade, está acima de interesses políticos ou partidários, e parte de uma ação cidadã, da sociedade civil, que defende condições adequadas de participação popular, uma vez que a proposta apresentada pelo Poder Público, por meio virtual, já se provou insuficiente por excluir quem não possui um bom equipamento ou pacote de dados de Internet.

A Frente que já se aproxima da adesão de 400 organizações, foi hoje representada por um grupo de sete entidades – entre elas a FACESP – que se revezaram nas falas, trazendo os motivos pelos quais a população seria prejudicada, por sua ausência num debate importante para a cidade. Tonhão, diretor da FACESP, perguntou: “a quem interessa mudar o plano diretor, em meio a pandemia, sem a participação do povo?”

por Tonhão, diretor de comunicação – FACESP

Veículos de comunicação: Globo, TV Cultura, FSP

Veja também:

LANÇAMENTO DA FRENTE SÃO PAULO PELA VIDA

Movimentos sociais pedem adiamento da revisão do Plano Diretor da capital

Frente com 375 entidades pede suspensão imediata de revisão do Plano Diretor de SP – Estadão

Frente com 375 entidades pede suspensão imediata de revisão do Plano Diretor de SP

Compartinhe esta notícia:

Voltar ao Topo